Eliane Han vinha desempenhando um trabalho excelente na Secretária, porém devido aos desmandos da gestão de Macau, a mesma encontrou uma alternativa louvavel que foi sair fora enquanto houve tempo.


Segue à nota:
Foi um grande prazer servir a Educação de Macau! Cidade linda e acolhedora, tornei -me cidadã Macauense, não por acaso, é o título dado por mérito e reconhecimento de um trabalho sério, transparente, e acima de tudo, honesto! Sempre falei que o cargo pertence ao gestor maior, não é nosso, quando não há mais vínculo nem aceitação pelo nosso trabalho, se "pede" de volta! Com muita honra servi a esta educação tão sofrida, e tão desvalorizada! Saio com a sensação de dever cumprido, muitas ações desenvolvidas, a classe educacional é quem diz e comprova, não são àqueles(as) que sempre torceram para dar errado, nem são a àqueles(as) que queriam estar junto para aparecer na foto como se estivessem contribuindo! Saio com a consciência limpa do dever feito e aceito! Obrigada a todos(as) que estiveram junto, fiz inúmeras amizades, agradeço a minha equipe pelo empenho e dedicação, aos alunos, colegas de profissão que ainda terão de lutar muito para ter uma educação de qualidade, aos gestores das escolas que sustentam o dia a dia com muita luta, e muitas vezes sem a devida valorização pelo cargo que ocupam! Agradeço a Deus pelo dom da vida, da virtude e da honestidade, inerente a minha pessoa! Que Nosso Senhor nos ilumine a cada dia, nos livrando da traição, e do mal! Deixo o Salmo 23 para reflexão, principalmente àqueles(as) que se dizem tão crente a Deus! Obrigada!