SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.

quinta-feira, 24 de outubro de 2019

Davi Alcolumbre amplia seguro defeso a pescadores afetados por óleo no Nordeste

O presidente interino, Davi Alcolumbre (DEM-AP), assinou nesta 5ª feira (24.out.2019) 1 decreto para prolongar por mais 2 meses o pagamento do seguro defeso a 50 mil pescadores afetados pelo vazamento de óleo no Nordeste. Não foram informados os valores envolvido.


O texto assinado altera outro decreto (nº 8.424). O Planalto justifica a medida alegando que “diversas localidades pesqueiras foram atingidas pelas manchas de óleo” e que, por isso, “o exercício da pesca está comprometido pelo desastre ambiental” e torna-se necessário uma “alteração normativa”.

Alcolumbre afirmou ainda, durante viagem a Alagoas, que vai assinar uma medida provisória para liberar recursos emergenciais aos municípios do Nordeste atingidos pelo vazamento. A assinatura vai acontecer ainda na tarde desta 5ª feira, durante visita ao Sergipe.

LINHA SUCESSÓRIA

Presidente do Senado, Alcolumbre assumiu a Presidência da República na última 4ª feira (23.out). Vai permanecer no cargo até esta 6ª feira (25), quando o vice-presidente Hamilton Mourão retorna de viagem oficial ao Peru.

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), também estão fora do país, o que permitiu a alçada de Alcolumbre ao comando temporário do Poder Executivo. Bolsonaro só retorna ao país no dia 31.

Natural do Amapá, Alcolumbre é o 1º ocupante da Presidência nascido nesse Estado. É também o 1º no cargo a visitar as áreas atingidas pelo vazamento de óleo que afeta o litoral nordestino.

O presidente interino visitou a Praia Barra de São Miguel, em Alagoas, na manhã desta 5ª feira. Depois, embarcou para o Sergipe, onde tinha visita agendada à Praia de Aruana. Ele retorna à noite para Brasília.

Por Poder360
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário