SEJA NOSSO APOIADOR, CONTRIBUA COM O NOSSO TRABALHO.

quarta-feira, 9 de outubro de 2019

Medidas do governo Bolsonaro que vem fazendo o Brasil avançar!

Bolsonaro vem fazendo um trabalho grandioso por esse pais, em meios as críticas de seus opositores.

1. No primeiro semestre do Governo Bolsonaro foram criados mais de 408 mil novos empregos, já considerando as demissões. Foi o maior saldo gerado dos últimos 5 anos. (fonte: dados oficiais do CAGED).Continua depois da publicidade

2. A construção civil continua a dar sinais de que está recuperando. A Confederação Nacional da Indústria (CNI) informou que em agosto, o índice de evolução da atividade do setor cresceu 0,8 ponto. O Brasil quer crescer

3. Bolsonaro criou a Lei nº 13.846 que combate fraudes previdenciárias e que vai gerar uma economia acima de R$ 100 bilhões em 10 anos.

4. O turismo de negócios teve alta de 14,7% no primeiro semestre do Governo Bolsonaro. (fonte: dados da Abracorp).

 5. Governo Bolsonaro reduziu de 18% para zero a 2% os impostos para importação de medicamentos para tratamento de pacientes com câncer e hiv, além de determinados tipos de fraldas e absorventes.
 6. Bolsonaro apresentou MP que torna política de estado a antecipação anual do 13º dos aposentados e pensionistas do INSS, colocando fim no uso político do benefício. Antes, a antecipação dependia da vontade dos presidentes, deixando os beneficiários em aflição.
 7. O roubo de veículos também despencou no primeiro quadrimestre do Governo Bolsonaro. Queda de 27,5% em relação ao mesmo período do ano passado. (fonte: Sinesp).
 8. Governo Bolsonaro criou o 13º do Bolsa Família, um adicional de R$ 2,6 bilhões para os mais necessitados, oriundos do combate às fraudes no programa, que já vale para este ano de 2019.
 9. No primeiro semestre do governo Jair Bolsonaro, houve um aumento de 158% na apreensão de cocaína em comparação ao mesmo período de 2017 e de 92% em relação ao mesmo período de 2018.
 10. O índice de estupros caiu 13,6% nos primeiros 4 meses do governo Jair Bolsonaro em relação a 2018. (fonte: dados oficiais do Sinesp).
 11. Bolsonaro reduziu de 29 para 22 o número de ministérios de seu governo e indicou todos os ministros de forma independente, sem sindicalismo partidário.
 12. Em abril de 2019, Jair Bolsonaro assinou decreto que possibilita a conversão de multas ambientais simples em serviços de preservação, melhoria e recuperação do meio ambiente, visando agilizar as cobranças.
 13. Visando reduzir gastos, o Presidente Bolsonaro unificou o portal de informações sobre o Governo Federal e os serviços públicos. A medida gera uma economia estimada acima de R$ 116 milhões por ano.
 14. O índice de roubo a bancos também despencou no Governo Bolsonaro, queda de 38,5% nos primeiros 4 meses em relação a 2018, assim como como roubo de carga, que caiu 27,3% para o mesmo período. (fonte: Sinesp).
 15. No início deste mês de agosto, Jair Bolsonaro decretou que as alíquotas de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) referentes a consoles e máquinas de vídeo games, partes e acessórios, que variavam de 20% a 50%, fossem reduzidas para 16% a 40%.
16 - Redução de 53% o número de homicídios em 9 meses. Nos primeiros 4 meses do governo Bolsonaro os homicídios caíram 21,2% em relação ao mesmo período de 2018. (fonte: Sinesp).

 17 - O alinhamento histórico com as maiores potências do mundo, como EUA, só tende a crescer. Ampliação do leque de opções gerando concorrência e barateamento de produtos, empregabilidade e desenvolvimento. O crescimento do Brasil para brasileiros e para o mundo incomoda o Foro de SP. https://www.youtube.com/watch?v=43WrihHtEcY

 18-  Aprovou a MP do pente-fino do INSS, que identifica irregularidades no setor, podendo gerar economia de R$10 bilhões por ano ao país;


19 -  Iniciou a construção de colégios militares, tendo como objetivo, um por cada estado até o fim de seu mandato. Ensino de reconhecida excelência diante dos resultados nacionais e internacionais;

20 -  Com as reformas aprovadas, quer levar a descentralização do poder nas mãos da união, permitindo maiores recursos financeiros aos Estados e municípios. Verdadeiros conhecedores dos problemas de cada região;

21-  Abrirá a caixa-preta do BNDES. Terminou o ciclo de empréstimos bilionários a países que não podem cumprir acordos com o dinheiro público, meramente para se manterem no poder;

22 - O Ministério de Direitos Humanos vem enxugando milhões de reais com gastos desnecessários, impedindo contrato de dezenas de milhões de reais criptomoedas para índios. Identificação de aeronaves destruídas que foram adquiridas via recursos públicos e atualmente abandonadas em aeroportos;

23-  Junto ao Ministério da Economia, vitória inicial no caso do desenvolvimento de energia, iniciando processo de privatização e barateamento ao consumidor;

24 -  Ministérios composto por técnicos. Algo inédito na história do país;

25 -  Iniciou processo de digitalização de documentos do governo, gerando economia de bilhões em poucos anos;

26-  Redução do número de invasões de terras, sufocando o ativismo ideológico e criminoso de tais irresponsáveis. 43 em 2018 e uma neste ano;

27-  Extingue centenas de conselhos de administração pública, que no fundo são cabides de emprego, geram travamento proposital da máquina pública, economizando bilhões em gastos desnecessários;

28 -  Combate ao uso irregular da lei Rouanet que tinha como fim sua utilização para atividades consideradas eleitoreiras. O foco cultural hoje está no pequeno artista;

29 -  Mesmo sendo travado por outros setores do poder público, em seu governo, os índices de criminalidade e morte de policiais vem caindo significativamente;

30 -  Assina ato que impede qualquer sigilo de operações de créditos bancários, como o que ocorria no BNDES, BB e Caixa;

31 -  Expansão de internet para milhões de estudantes, principalmente na região nordeste;

32 -  Ganha apoio dos EUA e Israel para entrada na OCDE, bloco de cooperação mútua com as maiores economias do mundo. Vai na contramão de governos anteriores que visavam políticas ideológicas, como o Foro de SP;

 33 -  Redução de 29 para 22 ministérios;

34 -  Decreto que extingue 21 mil cargos e comissões, o Ministério da Economia estima menos R$195 milhões em gastos anuais com o dinheiro público;

35 -  MP que altera a cobrança da taxa sindical, deixando-a de ser obrigatória;

36-  Acabou a necessidade de vistos para turistas dos EUA, Japão, Canadá e Austrália, obtendo resultados imediatos significativos diante do ato;

37 -  Decreto que aplica critério da Ficha Limpa para nomeação de cargos em comissão;

38 -  Pacote anti-crime facilitando o trabalho das policias e punindo com mais rigor criminosos;

39 -  Junto ao Ministério da Ciência e Tecnologia e outros inicia processo de instalação de máquinas que transformar ar em água para o Nordeste, após estreitamento de laços com Israel;

40 -  Via Ministério da Infraestrutura já passou para a iniciativa privada a administração de mais de 23 rodovias, portos, aeroportos e ferrovia em todo Brasil. E muito mais está por vir;

41 -  Expande acordos comerciais com a China, União Européia e EUA;

42 -  Viabiliza a captação de bilhões de reais via acordos com fins pacíficos com todo o mundo, após acordo de lançamento de satélite pela base área de Alcântara. Depende ainda da aprovação do Congresso;

43 -  Implementou o décimo terceiro salário para o bolsa-família;

44 -  Empresas internacionais voltam à confiar no Brasil, instalando sedes em todo território nacional, mas principalmente na região nordeste;

45 -  Criou a MP da liberdade econômica, possibilitando ao pequeno investidor menor fiscalização do estado, menos burocracia e gastos;

46 -  Quer reduzir impostos de produtos importados, como smartphones e tablets. Depende do Congresso;

47 -  Dá protagonismo ao MERCOSUL apos reunião no G20 no Japão, podendo gerar investimento de bilhões em território nacional;

48 -  Com a aprovação da necessária e dolorida Nova Previdência, o Brasil passará a ter mais confiança do investidor, gerando milhões de empregos;

49 -  Obviamente existem mais fatos positivos concretos. Caso se lembre, mande para o nosso e-mail para que possamos sempre somar.

​50 -  No primeiro semestre do Governo Bolsonaro foram criados mais de 408 mil novos empregos, já considerando as demissões. Foi o maior saldo gerado dos últimos 5 anos. (fonte: dados oficiais do CAGED).


51 - Bolsonaro criou a Lei nº 13.846 que combate fraudes previdenciárias e que vai gerar uma economia acima de R$ 100 bilhões em 10 anos.


52-  O turismo de negócios teve alta de 14,7% no primeiro semestre do Governo Bolsonaro. (fonte: dados da Abracorp).


53 - Governo Bolsonaro reduziu de 18% para zero a 2% os impostos para importação de medicamentos para tratamento de pacientes com câncer e hiv, além de determinados tipos de fraldas e absorventes.


54 - Bolsonaro apresentou MP que torna política de estado a antecipação anual do 13º dos aposentados e pensionistas do INSS, colocando fim no uso político do benefício. Antes, a antecipação dependia da vontade dos presidentes, deixando os beneficiários em aflição.


55 - Nos primeiros 4 meses do governo Bolsonaro os homicídios caíram 21,2% em relação ao mesmo período de 2018. (fonte: Sinesp).


56 - O roubo de veículos também despencou no primeiro quadrimestre do Governo Bolsonaro. Queda de 27,5% em relação ao mesmo período do ano passado. (fonte: Sinesp)


57 - Governo Bolsonaro criou o 13º do Bolsa Família, um adicional de R$ 2,6 bilhões para os mais necessitados, oriundos do combate às fraudes no programa, que já vale para este ano de 2019.


58 - No primeiro semestre do governo Jair Bolsonaro, houve um aumento de 158% na apreensão de cocaína em comparação ao mesmo período de 2017 e de 92% em relação ao mesmo período de 2018.


59 - O índice de estupros caiu 13,6% nos primeiros 4 meses do governo Jair Bolsonaro em relação a 2018. (fonte: dados oficiais do Sinesp)


60 - Bolsonaro reduziu de 29 para 22 o número de ministérios de seu governo e indicou todos os ministros de forma independente, sem sindicalismo partidário.


61 - Em abril de 2019, Jair Bolsonaro assinou decreto que possibilita a conversão de multas ambientais simples em serviços de preservação, melhoria e recuperação do meio ambiente, visando agilizar as cobranças.


62 - Visando reduzir gastos, o Presidente Bolsonaro unificou o portal de informações sobre o Governo Federal e os serviços públicos. A medida gera uma economia estimada acima de R$ 116 milhões por ano.


63 - O índice de roubo a bancos também despencou no Governo Bolsonaro, queda de 38,5% nos primeiros 4 meses em relação a 2018, assim como como roubo de carga, que caiu 27,3% para o mesmo período. (fonte: Sinesp)


64 - No início deste mês de agosto, Jair Bolsonaro decretou que as alíquotas de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) referentes a consoles e máquinas de vídeo games, partes e acessórios, que variavam de 20% a 50%, fossem reduzidas para 16% a 40%.

​65 - Em março deste ano, o Presidente Bolsonaro acabou com 21 mil cargos e funções do próprio governo, uma estimativa de R$ 195 milhões por ano de dinheiro público economizados. (decreto 9.725)

 66 - A MP da Liberdade Econômica, que entre muitos avanços dispensa alvará de funcionamento para atividades de baixo risco como salão de beleza, escola de línguas, borracharias, barbearia, foi apresentada pelo Governo Bolsonaro, aprovada e agora virará lei.

 67 - O Governo do Presidente Bolsonaro criou o programa Inovação Educação Conectada, para fornecer internet para 3 milhões de estudantes até o fim de 2019.

 68 - Foi feito pelo Governo Bolsonaro um acordo de livre comércio entre o Mercosul e a Associação Europeia de Livre Comércio (Suíça, Noruega, Islândia e Liechtenstein), que elevará o PIB do Brasil em US$5,2 bilhões em 15 anos.

 69 - O Governo Bolsonaro também conseguiu alcançar o histórico acordo de livre comércio Mercosul-União Europeia, após 20 anos de negociações, o que representará um grande aumento da nossa produtividade e elevará o PIB brasileiro em US$ 87,5 a 125 bilhões de dólares em 15 anos.

​70 - MAIS IMPOSTOS ZERADOS – depois dos medicamentos para Câncer e AIDS, governo zera impostos para centenas de produtos, entre eles equipamentos e produção médicos, exames, cirurgias oftalmológicas e informática.

 71 - MAIS INVESTIMENTOS – Toyota anuncia R$ 1 bilhão em investimentos graças ao programa de valorização dos biocombustíveis do governo, o RENOVABIO. Estímulo à agricultura familiar.

 72 - MENOR TAXA DE JUROS DA HISTÓRIA – 5,5% e risco país em seu menor patamar desde 2013.

 73 - CRESCIMENTO DO COMÉRCIO NA SEMANA DO BRASIL – aumento de 12% nas vendas e 41% nas atividades online, em relação ao mesmo período do ano passado. R$ 1,86 bilhões de vendas no período de 6 a 15 de setembro.

 74 - MAIS EXPORTAÇÕES – Depois de abrir mercado de carne pra a Indonésia, ampliar para a China e introduzir o leite brasileiro e seus derivados no Egito, o Ministério da Agricultura fecha acordo com a Arabia Saudita para exportação de frutas, castanhas e derivados de ovos. Potencial de U$$ 2 bi.

 75 - MENOS BUROCRACIA E MENOS GASTOS PARA A OBTENÇÃO DA CNH – fim da obrigação de simuladores, queda no número de horas necessárias de aulas práticas.

 76 - MULTAS NO TRÂNSITO : Um mês após determinarmos a suspensão do uso de radares móveis em rodovias federais, dados da PRF apontam que, em Agosto, o número de multas caiu 64% em relação à média do 1• semestre e o número de mortes também.

 77 - MENOS DROGAS – 3 mil toneladas de pés de maconha destruídos. Resultado maior que a soma dos dois anos anteriores. Recorde de apreensão de cocaína.

 78 - DIREITO À LEGÍTIMA DEFESA – Sancionada a lei que garante aos produtores rurais a posse de armas em toda a propriedade.

 79 - MP DA LIBERDADE ECONÔMICA SANCIONADA: mais um passo pra tirar o estado do cangote de quem trabalha e produz (geração de empregos e economia).

 80 - EM DEFESA DAS MULHERES – garantia às mães do direito de amamentar durante a realização de concurso público e obrigação do agressor de mulheres a custear os danos sofridos pela vítima ao ser atendida na rede de saúde.

 81 - SEGURANÇA: Multiplicação do banco nacional de perfis genéticos, com potencial de solução de inúmeros crimes graves. 

 82 - TURISMO: Programa que promove o turismo de mergulho e viveiros artificiais para a fauna marinha. Mais naufrágios programados virão pelo Brasil.

 83 - RODOVIAS: O Ministério da Infraestrutura com apoio do Exército Brasileiro não para nem nos finais de semana na construção e correções de trafegabilidade nas BRs.

 84 - SERVIÇOS PÚBLICOS: - Desde o início, nosso governo preza pela responsabilidade com as contas públicas. Estas foram deixadas destruídas por governos anteriores. Com muito sacrifício, estamos criando condições para manter os investimentos. A Casa Civil anunciou descontingenciamento de R$ 8,3 bilhões, que serão distribuídos à Educação e as demais pastas.

 85 - ESTRADAS DE FERRO: Ferrovia Norte-Sul registra recorde histórico de cargas. Só no mês de agosto, 1 milhão de toneladas transportadas pela ferrovia, no trecho que vai de Palmas/TO a Açailândia/MA. Em 2008, o fluxo de carga nesse trecho foi 1,4 milhão.

​86 - PASSAGENS AÉREAS: Empresas aéreas estrangeiras firmam compromisso de entram no mercado internacional do Brasil como primeiro passo para entrar no mercado doméstico. A concorrência traz o barateamento do serviço e a qualidade ao usuário.

 87 - MENOS GASTOS PÚBLICOS: Governo prepara projetos para reduzir gasto com energia elétrica no setor público. Revisão de contratos e geração de energia solar podem diminuir custos da administração em até 90%. A ideia é mudar o consumo e geração de energia elétrica da administração pública federal com instalação de micro usinas fotovoltaicas nos prédios anexos da Esplanada dos Ministérios e outros.

 88 - MAIS IMPOSTOS ZERADOS – depois dos medicamentos para Câncer e AIDS, governo zera impostos para centenas de produtos, entre eles equipamentos e produção médicos, exames, cirurgias oftalmológicas e informática.

89 - MAIS INVESTIMENTOS – Toyota anuncia R$ 1 bilhão em investimentos graças ao programa de valorização dos biocombustíveis do governo, o RENOVABIO. Estímulo à agricultura familiar.

90 - MENOR TAXA DE JUROS DA HISTÓRIA – 5,5% e risco país em seu menor patamar desde 2013.

91 - CRESCIMENTO DO COMÉRCIO NA SEMANA DO BRASIL – aumento de 12% nas vendas e 41% nas atividades online, em relação ao mesmo período do ano passado. R$ 1,86 bilhões de vendas no período de 6 a 15 de setembro.

92 - MAIS EXPORTAÇÕES – Depois de abrir mercado de carne pra a Indonésia, ampliar para a China e introduzir o leite brasileiro e seus derivados no Egito, o Ministério da Agricultura fecha acordo com a Arabia Saudita para exportação de frutas, castanhas e derivados de ovos. Potencial de U$$ 2 bi.

93 - MENOS BUROCRACIA E MENOS GASTOS PARA A OBTENÇÃO DA CNH – fim da obrigação de simuladores, queda no número de horas necessárias de aulas práticas.

94 - MULTAS NO TRÂNSITO : Um mês após determinarmos a suspensão do uso de radares móveis em rodovias federais, dados da PRF apontam que, em Agosto, o número de multas caiu 64% em relação à média do 1• semestre e o número de mortes também.

95 - MENOS DROGAS – 3 mil toneladas de pés de maconha destruídos. Resultado maior que a soma dos dois anos anteriores. Recorde de apreensão de cocaína.

96 - DIREITO À LEGÍTIMA DEFESA – Sancionada a lei que garante aos produtores rurais a posse de armas em toda a propriedade.

97 - MP DA LIBERDADE ECONÔMICA SANCIONADA: mais um passo pra tirar o estado do cangote de quem trabalha e produz (geração de empregos e economia).

98 - EM DEFESA DAS MULHERES – garantia às mães do direito de amamentar durante a realização de concurso público e obrigação do agressor de mulheres a custear os danos sofridos pela vítima ao ser atendida na rede de saúde.

99 - SEGURANÇA: Multiplicação do banco nacional de perfis genéticos, com potencial de solução de inúmeros crimes graves.

100 - TURISMO: Programa que promove o turismo de mergulho e viveiros artificiais para a fauna marinha. Mais naufrágios programados virão pelo Brasil.

101 - RODOVIAS: O Ministério da Infraestrutura com apoio do Exército Brasileiro não para nem nos finais de semana na construção e correções de trafegabilidade nas BRs.

102 - SERVIÇOS PÚBLICOS: - Desde o início, nosso governo preza pela responsabilidade com as contas públicas. Estas foram deixadas destruídas por governos anteriores. Com muito sacrifício, estamos criando condições para manter os investimentos. A Casa Civil anunciou descontingenciamento de R$ 8,3 bilhões, que serão distribuídos à Educação e as demais pastas.

103 - ESTRADAS DE FERRO: Ferrovia Norte-Sul registra recorde histórico de cargas. Só no mês de agosto, 1 milhão de toneladas transportadas pela ferrovia, no trecho que vai de Palmas/TO a Açailândia/MA. Em 2008, o fluxo de carga nesse trecho foi 1,4 milhão.

104 - PASSAGENS AÉREAS: Empresas aéreas estrangeiras firmam compromisso de entram no mercado internacional do Brasil como primeiro passo para entrar no mercado doméstico. A concorrência traz o barateamento do serviço e a qualidade ao usuário.

105 - MENOS GASTOS PÚBLICOS: Governo prepara projetos para reduzir gasto com energia elétrica no setor público. Revisão de contratos e geração de energia solar podem diminuir custos da administração em até 90%. A ideia é mudar o consumo e geração de energia elétrica da administração pública federal com instalação de micro usinas fotovoltaicas nos prédios anexos da Esplanada dos Ministérios e outros.

Por: Felícia Bonatti
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário