Bolsonaro cita dois possíveis nomes para ocupar as duas vagas no STF

Presidente Jair Bolsonaro voltou a dizer que está amadurecendo os nomes que pretende indicar para vagas de ministro no Supremo Tribunal Federal (STF) e voltou a afirmar que um deles será mesmo evangélico.


Os ministros Celso de Mello e Marco Aurélio completarão 75 anos, idade para a aposentadoria compulsória.

A primeira indicação será feita em novembro de 2020, com a aposentadoria de Celso de Mello.

No ano seguinte, em 2021, será aberta vaga com a saída do ministro Marco Aurélio Mello, que completa 75 anos em julho.

“Um dos dois vai ser evangélico. Tem que ter alguém lá dentro com conhecimento jurídico, mas que tenha esse lado. De onde apareceu isso? Quando o Supremo decidiu tipificar a homofobia como se racismo fosse”, disse.

Questionado sobre possíveis indicados, confirmou que o advogado-geral da União, André Luiz Mendonça, e o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Jorge Oliveira, são bons nomes.

O presidente também foi perguntado sobre uma possível indicação do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro.

Ele disse que seria preciso avaliar a aceitação dele no Senado, a quem cabe aprovar as indicações para o STF.

Fonte: Conexão Política