‘Eu respondo por mim’, diz Bolsonaro sobre caso Flávio

“Eu falo por mim, os problemas meus podem perguntar que eu respondo”, afirmou Bolsonaro. O presidente da República, Jair Bolsonaro, evitou comentar as investigações do Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ) contra seu filho, o senador Flávio Bolsonaro. 


Em conversa com jornalistas ao deixar o Palácio da Alvorada, em Brasília, nesta quinta-feira (19), Bolsonaro disse que falaria somente sobre assuntos que o envolvessem. Antes mesmo de ser questionado pela imprensa sobre o caso Flávio, Bolsonaro declarou:

“O Brasil é muito maior do que pequenos problemas. Eu falo por mim, os problemas meus podem perguntar que eu respondo. Os outros, não tenho nada a ver com isso.”
Após a insistência dos jornalistas, Bolsonaro disse: “Eu não acho nada, eu respondo por mim”. Em seguida, segundo o site Poder360, citou processos contra ele mesmo em que as acusações não foram confirmadas:

“Meu Deus do céu, vamos falar do meu caso, eu respondi por racismo por 3 anos. Vocês todos desceram a pancada em mim. Depois chegou-se à conclusão de que a fita foi editada.”