Mercado chinês está oficialmente aberto e RN já pode exportar melão para o país

O mercado chinês está oficialmente aberto para receber as frutas que começarão a ser exportadas pelos estados do Rio Grande do Norte e Ceará. O anúncio foi publicado pelas redes sociais do Comitê Executivo de Fruticultura do Rio Grande do Norte (Coex-RN) nesta quarta-feira (22).


“O mercado chinês está oficialmente aberto! O Departamento de Alfândegas da China (General Administration of Customs People’s Republic of China - GACC) disponibilizou hoje em seu site os requisitos necessários para a exportação de melão”, diz a publicação.

O comitê falou sobre o novo negócio com os chineses como uma grande vitória para todo o Brasil, em especial para o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Superintendência Federal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SFA) dos Estados do RN e CE, para o COEX-RN, os órgãos de defesa do Instituto de Defesa e Inspeção Agropecuária (IDIARN) e a Agência de Defesa Agropecuária (Adagri).

De acordo com a publicação, esses órgãos buscavam efetivar o negócio há mais de 7 anos.

Os chineses terminaram na última sexta-feira (17) a inspeção técnica para avaliar as condições fitossanitárias de produção de melão nos dois estados. Essa era a última providência que faltava para o início da exportação do melão para o mercado chinês, previsto para começar até o fim do próximo mês de fevereiro.