Em pronunciamento antes de deixar a presidência do Senado, o senador Davi Alcolumbre afirmou que seu trabalho teve o objetivo de construir pontes e entendimento com os demais poderes. "Fui o presidente da pacificação", disse, antes de iniciar a sessão de votação para o comando da Casa.


O parlamentar ainda cobrou a vacinação da população para o retorno da normalidade diante da pandemia de covid-19.

Os principais candidatos na disputa para o comando do Senado nos próximo 2 anos são Rodrigo Pacheco (DEM-MG) e Simone Tebet (MDB-MS).

Oitenta e um senadores vão votar presencialmente, usando cédulas de papel. O quórum mínimo é de 41 senadores.

A eleição pode ser definida em 1º turno, se o candidato ganhar com maioria simples de 41 votos. Caso nenhum deles consega essa quantidade de votos, haverá 2º turno com os 2 mais votados.

Nesse último caso, eles também serão eleitos com maioria simples, mas em caso de empate o vencedor será aquele com mais legislaturas. Se o empate persistir, a vitória fica com o mais velho.